Empoderamento pessoal: o que é e como atingi-lo?

Empoderamento pessoal

A palavra “empoderamento” tem estado na moda ultimamente. Fala-se muito da importância de empoderar as mulheres, as minorias, os idosos… E existe mais uma categoria importante que deve fazer parte disso: a do empoderamento pessoal.

O termo vem do inglês empowerment, criado dentro da psicologia comunitária, e significa uma ação feita em conjunto, desenvolvida por indivíduos que compartilham espaços privilegiados de decisões e de percepção dos seus direitos sociais.

Ele também transmite a ideia de dar a alguém a liberdade, o poder e a informação para a tomada de decisões e a participação ativa. Isso significa que a pessoa deve ter voz e poder de decisão para agir em prol do seu próprio interesse, usando a sua própria autoridade.

Nesse sentido, o empoderamento é uma importante ferramenta de mudança, que pode trazer benefícios não apenas pessoais, como também profissionais, ao tornar cada pessoa mais ciente das suas habilidades e limitações e mais capacitada para tomar decisões.

Então, nada mais lógico do que almejar o empoderamento pessoal, trazendo todos esses conceitos para você mesmo, certo? Afinal, ele é fundamental para aumentar a autonomia, a determinação e a autoconfiança, mostrando a nós mesmos que somos capazes de muito mais do que imaginamos.

Como reconhecer uma pessoa empoderada

O empoderamento pessoal confere algumas características facilmente observáveis em uma pessoal, uma vez que ela muda drasticamente sua forma de ver e encarar o mundo.

A pessoa empoderada possui um constante desejo em aprender e em desenvolver novas habilidades. Para isso, ela busca manter-se bem informada e estuda os temas que são do seu interesse.

Além disso, de uma maneira geral, tratam-se de indivíduos com uma autoestima adequada, que possuem plena consciência da importância de cuidar de si mesmos e, por isso, são pessoas que se conhecem e se aceitam melhor do que outras.

Outra característica facilmente reconhecível em uma pessoa empoderada é a capacidade de estabelecer limites às suas relações pessoais, sabendo diferenciar aquelas que merecem atenção e cuidado de outras que podem ser tóxicas e desequilibradas.

Por fim, o empoderamento pessoal faz com que o indivíduo tenha mais assertividade na hora de tomar decisões e mediar conflitos, focando em saídas que sejam benéficas a todas as partes envolvidas, sempre respeitando os direitos de cada um.

inscrição virada da semana

Como alcançar o empoderamento pessoal

Você provavelmente já ouviu histórias de pessoas que “largaram tudo” em busca de um novo propósito de vida, certo? Um médico que abandonou a medicina para se tornar cozinheiro; uma advogada que resolveu dar uma pausa na carreira bem sucedida para viajar pelo mundo; uma dentista que fechou o consultório para escrever um livro… Histórias como essas não faltam!

Muita gente talvez pense que as pessoas dos exemplos acima cometeram um erro ou agiram de forma irresponsável; mas a realidade é que tais decisões requerem muito empoderamento pessoal.

Afinal, foi graças a ele que essas pessoas conseguiram mudar de rumo e encontrar o verdadeiro caminho para melhorar sua qualidade de vida. E pessoas satisfeitas com o próprio rumo são, em geral, profissionais bem sucedidos – independente da área em que atuam.

Se você não se sente seguro para tomar decisões sobre a própria vida, saiba que não está sozinho. Isso é algo construído aos poucos e, para você ajudar, separei algumas dicas sobre como fortalecer seu empoderamento pessoal:

Busque o autoconhecimento e fortaleça-se.

Você é responsável por suas escolhas. Por isso, conhecer a si mesmo é fundamental para se sentir seguro em relação a elas.

Busque o autoconhecimento para chegar a um lugar de controle interno: se houver problemas na sua trajetória, não busque culpados, mas, sim, reflita racionalmente para descobrir o que você pode fazer para melhorar a situação.

Lembre que empoderar-se também tem a ver com desenvolver a confiança necessária para utilizar todo o seu potencial. Todas as pessoas têm dentro de si um conjunto de habilidades que são utilizadas para enfrentar diferentes situações no dia a dia, mas muitas sequer conhecem ou não dão o devido valor às suas próprias competências.

Assim, ser autoconsciente e saber identificar seus pontos fortes e fracos é uma das chaves para o empoderamento pessoal.

Tenha autoconfiança e seja dono das próprias escolhas

Ninguém conquista seus objetivos pessoais sem confiança. Duvidar de si é um ato que tira o controle das suas mãos e impede que suas metas se concretizem. Sendo assim, é preciso desenvolver autoconfiança para assumir as rédeas da sua vida, de acordo com suas próprias capacidades, transformando-se em dono das próprias escolhas.

Para isso, uma boa dica é simplesmente mudar a mentalidade do “eu tenho que” e “eu devo” para “eu escolho fazer” e “eu quero”. A simples mudança de uma atitude passiva para uma postura mais assertiva em relação às suas próprias decisões deixa claro a você mesmo que qualquer comportamento é uma escolha, o que lhe dá mais motivação e confiança para alcançar seus objetivos.

Mesmo em tarefas mais chatas, como pagar uma conta, por exemplo, experimente pensar “eu escolho pagar esta conta agora e ficar livre dela”, e veja a sensação de satisfação que isso traz!

Conheça seus próprios limites e saiba cooperar

Não adianta querer resolver tudo ao mesmo tempo. Por isso, vá aos poucos, estabeleça as suas prioridades e aja de acordo com elas.

Muitas vezes, você vai, de fato, se deparar com obstáculos que estão além da sua capacidade – e não há problemas em reconhecer isso e buscar a ajuda de outras pessoas. Quem conhece e reconhece seus próprios limites e sabe a hora de buscar auxílio ou orientação está no rumo certo.

Afinal, empoderar-se significa também saber contribuir e cooperar, em contrapartida a se isolar e competir. O sucesso pode — e deve — ser compartilhado. Isso faz com que você consiga compensar possíveis pontos fracos e alcançar suas metas de maneira mais objetiva.

Em um ambiente colaborativo, a aproximação entre as pessoas é, por si, empoderadora. Ou seja, onde um estaria batalhando a sós, vários podem estar ganhando e crescendo em conjunto.

Fuja dos pensamentos negativos e cresça com as adversidades

Ficar estressado ou ansioso não vai resolver nenhum problema. Pelo contrário: quando as coisas derem errado, pegue leve consigo mesmo e busque manter o otimismo. Transforme todos os seus erros em oportunidades de aprendizado, buscando refletir como você pode fazer diferente da próxima vez.

O empoderamento aparece mais intensamente quando encaramos momentos adversos. Ao contrário do que muitos possam pensar, incertezas, fracassos e contratempos são fundamentais para evoluir, melhorar e, finalmente, crescer.

Então, não esqueça: comece a fazer esses exercícios e veja sua vida mudar enquanto você alcança seu empoderamento pessoal!

E já que estamos falando sobre isso, tenho uma sugestão final: baixe gratuitamente o e-Book Descubra por que você nasceu e aprenda e refletir sobre a sua missão e por que você realmente está aqui. Faça a sua vida valer a pena!

One thought on Empoderamento pessoal: o que é e como atingi-lo?

Deixe seu comentário

Resolva a conta abaixo para publicar seu comentário: *