A razão pela qual você não deve esperar um relacionamento perfeito

Você já se decepcionou na vida amorosa? Talvez o motivo tenha sido o excesso de expectativas.

Ter um relacionamento é um desejo compartilhado entre a maioria das pessoas. Mais do que isso, as pessoas idealizam, às vezes inconscientemente, um relacionamento perfeito, ainda que não cheguem a admitir que alimentam essa fantasia.

Moldamos na nossa imaginação um parceiro ou parceira que atinja a perfeição, o que só acaba gerando decepções no futuro. Falas, gestos e gostos são fantasiados de acordo com nossas próprias preferências. Um verdadeiro conto de fadas desenvolvido pela mente, com personagens e roteiros prontos, sem muita espontaneidade.

Muito da idealização de um relacionamento perfeito vem de influências externas.

Filmes, novelas, livros e outras formas de entretenimento geram uma expectativa que acaba sendo frustrada na vida real. Isso porque, obviamente, as pessoas são diferentes entre si e não é possível seguir um roteiro no dia a dia, principalmente em um relacionamento. O que as pessoas têm em comum, porém, é que todas estão sujeitas a cometer erros e ter defeitos.

Uma pessoa que vive em busca de um relacionamento perfeito dificilmente conseguirá ter sequer uma relação saudável. É que, como os relacionamentos perfeitos não existem, manter essa esperança enganosa tende a levar ao fracasso de uma parceria amorosa.

O amor é muito mais natural e volúvel que essa peça de teatro amorosa que visa a perfeição. E é bem melhor dessa forma também!

 

As dificuldades de todo relacionamento

 

É comum ouvir alguém dizer que o relacionamento esfriou, que já não é mais o mesmo que no começo ou que a paixão começou a dar sinais de enfraquecimento.

Nessas horas, as brigas por bobagens passam a ser mais constantes, desentendimentos ocorrem com frequência e, ao mesmo tempo, a vontade de ficar um com o outro diminui.

Para alguns casais, os ciúmes também podem ser um problema na relação, principalmente porque costumam ocorrer devido a uma má interpretação por parte de um dos lados.

Dificuldades como essas são enfrentadas por todos casais em alguma altura do relacionamento. Como falamos antes, a razão para isso acontecer é muito simples: ninguém é igual. Saber conviver com as diferenças ajuda a garantir um relacionamento saudável e que tenha o respeito como uma de suas estruturas.

Amizade, parceria e paixão são alguns dos pilares de um casal que consegue enfrentar eventuais problemas que surjam ao longo do relacionamento. Temos que lembrar que um relacionamento é, de maneira simplificada, um acordo de cumplicidade, lealdade e companheirismo entre duas pessoas. Sendo assim, o casal deve procurar sempre alimentar essa parceria, de forma que a amizade possa fortalecer o amor.

Um importante aliado nesse processo de ter um relacionamento saudável é o autoconhecimento. Ele nos garante maturidade, confiança e humildade, essenciais para o equilíbrio de uma relação.

Com o autoconhecimento, conseguimos ter mais clareza na visão da relação que pretendemos ter, reconhecendo, assim, que não existe o tal do relacionamento perfeito. É o autoconhecimento que fará com que você não perca sua própria identidade em uma união, sempre cedendo às vontades alheias ou alimentando fantasias ilógicas.

 

Conselhos de relacionamento para casais

 

Como, então, conseguir ter uma relação saudável, uma vez que o relacionamento perfeito não existe? Confira estes importantes conselhos repassados por casais que estão juntos há muito tempo!

 

Tenham expectativas realistas

 

Nada de idealizar um relacionamento perfeito ou a imagem de felizes para sempre.

Em alguns dias (ou mesmo semanas e meses) a relação apresentará suas dificuldades, o que não significa que ela está fadada a acabar. Não abandone tudo nessa hora. Acredite, quando esses momentos ruins passarem, o amor terá evoluído e valerá a pena ter insistido e ficado lá para superar.

 

Cultivem o respeito

 

Embora uma boa comunicação entre o casal seja imprescindível para um relacionamento duradouro, é o respeito que garantirá a união entre as partes.

É do respeito mútuo que nascerão outras qualidades importantes para a relação, como confiança e paciência. Portanto, pratique o respeito jamais falando mal do seu parceiro para outras pessoas, pois os problemas devem ser resolvidos entre vocês; respeitando os gostos e vontades diferentes e não mantendo segredos.

Ah! Não esqueça, também, de alimentar o respeito por si próprio também.

 

Conversem abertamente

 

Parte de não ter segredos envolve a capacidade de conversar abertamente com o seu parceiro, ainda que não seja um papo fácil.

Se algo tem incomodado, o aconselhável é que você tenha abertura para conversar a respeito com o parceiro. Tem inseguranças? Converse. Será um processo de cura e superação. Reclamar para os seus amigos não vai ajudar a melhorar sua relação. O diálogo deve ser sempre incentivado entre o casal, pois é assim que vocês vão solucionar, juntos, suas questões.

 

Equilibrem as individualidades

 

Estar em um relacionamento saudável envolve saber preservar a individualidade de cada um.

Toda relação envolve sacrifícios e concessões, mas que devem ser feitos com respeito às respectivas identidades. Se você está em um relacionamento, é porque você escolheu estar com a pessoa do jeito que ela é. Não tente fazer o outro se tornar outra pessoa e tampouco perca sua própria personalidade.

 

Cedam espaço

 

O controle do parceiro é mais um sinal de insegurança do que de amor.

Dê liberdade e independência ao outro. Pode ser em forma de contas bancárias diferentes, banheiros distintos ou até mesmo férias separados. Tenha respeito e confiança no que o outro faz com o tempo livre dele, como viajar com amigos ou beber sem a companhia do parceiro, e não procure controlar tudo.

 

Aceitem as mudanças

 

As pessoas mudam, assim como o amor.

Com o passar do tempo (pense em décadas!), vocês já não serão os mesmos do começo – e tudo bem! Alguns eventos importantes poderão ter influência nessas mudanças, como a ida para outro país, a morte de um parente, a necessidade de apoio a um ente mais velho… Lembre-se do respeito mútuo nessas horas para manter a relação fortalecida. E apaixone-se novamente pela pessoa, dia após dia, ano após ano.

 

Saibam perdoar

 

Inevitavelmente, discordâncias irão ocorrer.

Não insista em brigas quando elas acabarem e esqueça essa história de quem está certo ou errado. Uma vez que a briga acabou, deixe no passado. Se o outro errar, procure refletir sobre quem ele se mostra como pessoa e compreender que ele fez o melhor que podia. E não discuta por tudo. Escolha por quais causas vale a pena brigar e não se desgaste com os pormenores.

 

Sejam afetuosos

 

O afeto está em pequenos gestos, que várias vezes acabam sendo perdidos com o passar dos anos. Seja um “eu te amo” antes de dormir, saídas à noite ou mesmo segurar as mãos durante um filme ou uma caminhada. Não perca esses sinais de amor e afeto. Casais que têm filhos devem ter atenção redobrada nesse quesito! Não esqueçam de dedicar tempo e energia na relação, não só nos filhos.

Em resumo: deixe de lado a ideia do relacionamento perfeito e invista em um relacionamento que faça você e a outra pessoa felizes! E, para ficar por dentro de mais dicas, curta a página da Ione Cortese no Facebook e acompanhe em primeira mão todas as publicações e novidades!

One thought on A razão pela qual você não deve esperar um relacionamento perfeito

Deixe seu comentário

Resolva a conta abaixo para publicar seu comentário: *