Zona de conforto no trabalho: como sair e por que abandonar essa posição?

Você consegue recordar quando foi a última vez que se permitiu fazer algo um pouco mais ousado, fora da caixinha ou mesmo surpreendente? Arriscar não está entre seus pontos fortes e o nível do trabalho tem permanecido mediano, sendo até um pouco automático?

Caso você reconheça um ou outro sinal, não é um bom indício. Muito provavelmente, você está na zona de conforto – aquele estado em que não fazemos além do necessário, mantendo um certo nível de segurança.

Mas prezar pela segurança é sempre bom, certo? Não é bem assim. No começo do século 20, os psicólogos Robert M. Yerkes e John D. Dodson constataram que para conseguirmos melhorar nosso desempenho e sairmos da zona de conforto, precisamos sentir um pouquinho de ansiedade. Foi o que chamaram de “ansiedade otimista”. Enquanto a ansiedade em excesso pode minar a produção, um certo nível dela ajuda a conferir motivação e atenção nas atividades.

A zona de conforto costuma ocorrer no trabalho mas também pode acontecer em outras questões pessoais. É importante reconhecer a zona de conforto para entender como sair dela e superá-la, enfrentando nossos medos. Só assim conseguimos crescer enquanto pessoas e profissionais!

 

Você está na sua zona de conforto no trabalho?

 

Algo muito frequente entre pessoas acomodadas que precisam sair da zona de conforto é aquela sensação de tristeza ao pensar em ir trabalhar. Como consequência dessa insatisfação, a produtividade acaba caindo – mais um indicativo de que você está na zona de conforto!

Se esse tem sido o caso, por que não pensar em mudar de trabalho? Contentar-se com o atual emprego, mesmo quando acredita que merece algo melhor e mais desafiador, é uma zona de conforto muito comum entre profissionais. Ela acontece geralmente por receio do desemprego, de um salário menor ou por medo de tentar algo diferente.

Sentir medo do que é novo e deixar de tomar riscos são sinais de que você está na zona de conforto no trabalho. O problema é que agindo assim, você dificilmente conseguirá sair dela e avançar na sua carreira.

Para que a vida profissional engrene, precisamos aceitar os desafios que surgem, encarando de peito aberto os obstáculos. Afinal, são eles que nos farão aprender e desenvolver novas habilidades. Sem isso, não crescemos e nos tornamos profissionais acomodados, obsoletos, o que não resulta em realizações e tampouco em felicidade.

Sair da zona de conforto no trabalho é uma medida urgente. Afinal, quem não quer olhar para trás e poder se sentir realizado com as conquistas alcançadas?

 

Como sair da zona de conforto no trabalho?

 

Ter motivação para sair da zona de conforto no trabalho já é um ótimo começo. Vamos mostrar alguns hábitos e atitudes que podem ser tomados para que você supere essa zona de conforto e se torne um profissional melhor!

 

Delimite a sua zona de conforto

 

De um lado do papel, anote tudo que você gostaria de fazer ou ter mas que ainda não criou coragem para ir atrás. Do outro lado, liste aquilo que você costuma fazer, o que já conquistou ou o que reconhece como suas habilidades. Esse exercício vai ajudar a identificar o que está na sua zona de conforto e o que está fora dela, ou seja, aquilo que você precisa conquistar para alcançar o sucesso.

 

Entenda as desculpas que você cria

 

O chefe pediu para você realizar alguma atividade e você inventou alguma desculpa? Seja honesto para si mesmo sobre a razão. Será que você não está criando justificativas para o medo que sente de fazer algo novo? Reflita sobre as desculpas que cria no dia a dia e dê um basta para conseguir sair da zona de conforto.

 

Cerque-se de boas influências

 

Que tal passar a socializar mais com pessoas que têm as qualidades que você admira? Estamos falando de profissionais que sejam competentes, ousados, inventivos, corajosos. Convivendo com as pessoas certas, você logo sentirá a influência delas na sua própria maneira de agir.

 

Reconheça os benefícios de sair da zona de conforto

 

A ideia de sair da zona de conforto no trabalho ainda causa apreensão? Então tente se motivar pensando nos benefícios que isso pode trazer e coloque-os no papel. Vamos supor que seu medo seja de assumir um cargo mais importante. Quais seriam as vantagens da nova função? De que forma você se beneficiaria se conseguisse sair da zona de conforto e alcançar o novo status? Listar essas vantagens é uma maneira de dar impulso para procurar consegui-las!

 

Vá atrás da diversidade

 

Amplie seu pensamento, sua cultura, suas áreas de conhecimento… Procure ir atrás de assuntos e interesses diversificados. É como se você estivesse criando uma nova zona de conforto, quando na verdade, você está se desafiando com aquilo que ainda é desconhecido. Isso pode ser feito através do contato com pessoas diferentes, cursos, estudos, leitura, podcasts…

 

Aprenda a administrar seu tempo

 

Gerenciar bem a energia e o tempo utilizados nas tarefas do dia a dia é um dos principais hábitos de um excelente profissional. Não se desgaste em excesso com pormenores, esquecendo de dar a importância necessária a outros afazeres. Aprenda a administrar sua rotina e conseguirá perceber os resultados na produtividade. Com um trabalho produtivo, terá mais coragem de inovar e sair do conforto.

 

Saiba lidar com os erros

 

A trajetória de superação da zona de conforto nem sempre será fácil ou satisfatória. Erros podem acontecer e é importante saber lidar bem, aprendendo e rindo com eles. Os contratempos não podem virar um estresse tão grande a ponto de prejudicarem todo o esforço empregado.

 

Conheça suas limitações

 

O autoconhecimento é uma ferramenta poderosa! Sabendo quais são as suas limitações, fica mais fácil tomar atitudes para superá-las. Emocionais ou intelectuais, todas limitações podem ser melhoradas. Se a sua limitação for falar em público, então por que não fazer um curso voltado para esse tipo de comunicação e ir se desafiando aos poucos?

 

Esteja aberto às mudanças

 

Como falar de sair da zona de conforto no trabalho sem destacar a importância de estar aberto às mudanças? Prefira a metamorfose ambulante à estagnação de ideias! Compartilhe pensamentos, participe de rodas de conversa e debates, conheça tópicos novos, faça especializações, aceite alterações na rotina, tente uma atividade nova… Permita-se abraçar as mudanças que vierem.

 

Confira outras dicas e sugestões para crescer profissionalmente e sair da zona de conforto curtindo a página do Facebook da Ione Cortese. Você pode acompanhar todas as novidades e publicações em primeira mão!

Deixe seu comentário

Resolva a conta abaixo para publicar seu comentário: *